Um piloto foi detido por estar embriagado e perder a consciência na cabine do Boing 738 antes de descolar avião com 100 passageiros que tinha como destino Cancun, no México.

“O piloto embarcou num avião da Sunwing, juntamente com 99 passageiros e cinco membros da tripulação, pouco antes das 09:00 de Sábado. O seu comportamento foi anormal, tendo inclusive os funcionários do aeroporto reparado”, afirmou o sargento Paul Stacey, em declarações aos média locais.

A polícia foi chamada a intervir e deteve o piloto, que tinha um valor de álcool no sangue “três vezes mais do que o permitido”, que são 0,08 miligramas, já considerado um crime no Canadá.

Fonte: Folha de Maputo