A província do Niassa está em alerta face à eclosão da cólera nos vizinhos Malawi e Tanzânia.

Segundo o director provincial de Saúde no Niassa, José Manuel, equipas multissectoriais estão posicionadas nos postos fronteiriços para monitorar a entrada de cidadãos malawianos e tanzanianos na província.

José Manuel referiu que serão também colocados técnicos de saúde nas estações de comboio de Lichinga, Cuamba e Entre-Lagos, onde serão realizados trabalhos de desinfecção das mãos e dos pés, através do cloro.

A fonte garantiu que a província do Niassa dispõe de medicamentos suficientes para responder a eventual surto de cólera.

Fonte: RM