A atleta moçambicana Zeferina Marinho e o sul-africano Subussiso Nzime venceram, na quinta-feira, a Corrida São Silvestre de Maputo.

Zeferina Marinho cortou a meta com o tempo de 1,08,10 horas, à frente da suázi Samkaisiwe Tfwala, com 1,09,13, e da sul-africana Noria Sibanda, com 1,15 , 09. Com este triunfo, a atleta moçambicana da Universidade Pedagógica de Maputo voltou a trazer ao de cima a representação de Moçambique, visto que há quatro anos que nenhum moçambicano vencia a prova pedestre d 15 quilómetros.

Em masculinos, Sibussiso Nzime conquistou o título pela terceira vez consecutiva. Nzime estabeleceu a marca de 48,33,22 minutos, um milésimo à frente do moçambicano Alberto Mamba que cortou a meta com o tempo de 48, 33, 23. Em terceiro lugar ficou Melosy Tonhane da Suazilândia com 50, 49, 49 minutos. Moçambique ficou, assim, bem perto de vencer também na classe de federados masculinos.

A corrida São Silvestre de Maputo existe desde 2001, sendo que no ano de arranque Leonor Piúza venceu, tornando-se na primeira moçambicana a ganhar o certame.

Fonte: A Bola