Mais de 16 mil e duzentos casos de malária foram registados durante o último mês de Dezembro a nível da província de Maputo.

O número representa um aumento se comparado com igual período do ano passado 2015 onde as unidades sanitárias provinciais diagnosticaram cerca de onze mil casos da doença.

As autoridades sanitárias na província de Maputo entendem que a situação esteja aliada á época chuvosa, é daí que se multiplicam os apelos para a prevenção.

O médico-chefe provincial, Xadreque Muluana, disse que, de entre as medidas de prevenção, constam campanhas de sensibilização para a eliminação de charcos, uso correcto da rede mosquiteira e a pulverização intra-domiciliária.

Fonte: RM