Investimento está orçado em mais de 28 milhões de meticais

A Electricidade De Moçambique (EDM) vai construir uma nova linha independente de média tensão, numa extensão de cinco quilómetros para fornecer energia eléctrica de qualidade ao Hospital Central de Quelimane. Para o efeito, a empresa vai investir mais de 28 milhões de meticais.

A informação foi avançada pela directora da área de distribuição, tendo explicado que neste momento já existem os valores disponíveis e que a empresa já começou a aprovisionar os materiais necessários para o efeito. “A linha em referência vai começar ao longo do primeiro semestre deste ano, vai ser uma linha dedicada exclusivamente ao hospital porque neste momento o hospital central recebe energia a partir de uma linha muito extensa na ordem de 100 quilómetros que alimenta a praia de Zalala e Macuse no distrito de Namacurra e qualquer perturbação ao longo da linha afecta o hospital”, disse Maria Quipiço .

Desde a construção do hospital ficou claro que dada a dimensão de consumo de energia da unidade sanitária deve ficar numa linha que só alimenta o hospital.

“Ao longo destas primeiras semanas de Janeiro, espera-se que materiais para arrancar com a linha cheguem a Quelimane, para posterior início dos trabalhos. A linha terá uma extensão de cinco quilómetros e vai ser alimentada em média tensão. E queremos acreditar que até ao final do próximo semestre a linha estará pronta”, disse Quipiço.

Recentemente, o director do Hospital Central de Quelimane, Ladino Suade fez saber que a energia actualmente fornecida à instituição que dirige não tem qualidade suficiente para alimentar os equipamentos instalados.

“O hospital foi concebido para atendimentos especializados, mas devido à fraca qualidade no fornecimento da energia pela Electricidade de Moçambique, muitos equipamentos modernos alocados para salvar vida da população não estão a funcionar. Isso tem afectado muito o nosso trabalho”, disse na ocasião Ladino Suade.

Fonte: O País