FUTEBOL - Nelson Santos, treinador do Costa do Sol, no jogo Costa do Sol vs Liga Muculmana (1-1), 16a jornada do Mocambola. Maputo, em Mocambique. Domingo, 27 de Julho de 2014. (SERGIO COSTA/ASF)

O Costa do Sol, treinado pelo português Nélson Santos, mantém-se na Taça de Moçambique (fase da cidade de Maputo), ao vencer, na tarde desta quarta-feira, o Desportivo, por 3-2, no prolongamento, após o empate (2-2) no tempo regulamentar.

Em desvantagem por duas vezes, o Costa do Sol conseguiu, todavia, dar a volta ao marcador – os alvinegros colocaram-se em vantagem logo aos dois minutos, golo de Eugénio.

Mas, dois minutos depois, o Costa do Sol chegou o empate por intermédio de Chico – ainda na primeira parte, o marcador voltou a mexer, uma vez que Malate, aos 15 minutos, colocou o Desportivo em vantagem.

Na segunda parte, a reação a todo o gás da equipa canarinha terminou com o golo de Chico, aos 71 minutos, que bisou.

A reviravolta viria a consumar-se no primeiro minuto da segunda parte do prolongamento, com assinatura de Mbulu.

Apuramento garantido, embora muito sofrido, a equipa canarinha avança para fase seguinte, juntamente com a Liga Desportiva de Maputo, que venceu o Matchedje, por 2-0, e o Vulcano, que bateu, à tangente, o Nacional, por 1-0.

A segunda eliminatória da fase da cidade de Maputo completa-se com o Ferroviário-Águias Especiais, jogo ainda sem data marcada – foi adiado porque os locomotivas defrontaram hoje o homónimo da Beira, jogo em atraso da 12.ª jornada do campeonato moçambicano da 1.ª Divisão (Moçambola).

Fonte: A Bola