O embaixador da China em Moçambique, Su Jian, disse que os chineses são o maior investidor estrangeiro no país, com as empresas a canalizarem mais de 6 mil milhões de dólares nos últimos três anos.

De acordo com o responsável, que falava numa conferência para promover as parcerias económicas na capital, Maputo, as empresas chinesas investiram cerca de 6 mil milhões de dólares desde 2015, sendo o maior investidor neste país africano.

Os investimentos foram direcionados, na sua maioria, para as áreas da construção, infraestruturas, gás natural, energia e madeira, disse o diplomata, lembrando que é uma empresa chinesa que está a construir a maior ponte suspensa em África, no valor de 750 milhões de dólares, na baía de Maputo.

O embaixador disse ainda, citado pela agência financeira Bloomberg, que há cerca de 10 mil chineses a viver em Moçambique e que este investimento estrangeiro criou mais de 20 mil empregos para os moçambicanos.

A presença chinesa em África tem vindo a intensificar-se nos últimos anos, sendo agora um dos principais investidores no país, nomeadamente em Angola, outro país lusófono, onde é o maior investidor externo e compra cerca de metade do petróleo produzido no país.

Fonte: Lusa