O homem colecionou as moedas de um e dois cêntimos de marco alemão ao longo de 30 anos. Contá-las revelou-se uma tarefa bem árdua. Banqueiro levou seis meses para chegar à soma total de oito mil euros.

Durante 30 anos um camionista alemão colecionou moedas de um e dois cêntimos de marco alemão, a divisa que circulava na Alemanha antes da chegada do euro. Essa coleção totalizou 1,2 milhões de moedas que ficaram dividas em sacos e que o homem deixou como herança à sua família depois da sua morte em maio, de acordo com o DW.

Um gesto bonito mas que se revelou uma enorme carga de trabalhos para o banqueiro que ficou com a tarefa de contar as moedas. O ‘herói’ Wolfgang Kemereit, que trabalha na filial do Deutsche Bundesbank (o banco central alemão) de Oldenburg, levou seis meses para contar as moedas. Uma empreitada que levou a cabo ao mesmo tempo que desempenhava as suas funções habituais no banco.

Segundo o DW, Wolfgang levava uma hora contar as moedas de cada saco. “Eu segurei cada moeda na minha mão. Gosto de fazer isso, pelo que desse ponto de vista não foi um problema”, disse o banqueiro ao NDR. As moedas totalizaram uma herança de oito mil euros.

O Bundesbank estima que pouco menos do que 13 mil milhões de marcos alemães (6,4 milhões de euros) ainda estejam em circulação.

Fonte: Notícias ao Minuto