A Autoridade Tributaria de Moçambique (AT) está a aprofundar ao nível da cidade da Beira, fiscalização e sensibilização sobre a facturação nas transacções comerciais junto dos vendedores formais disfarçados em informais.

A campanha de sensibilização iniciou nesta terça-feira, no maior mercado informal da cidade da Beira, o mercado do Goto. A Autoridade Tributaria pretende junto dos comerciantes, incutir a cultura fiscal, passando pela aquisição de facturas e outros documentos fiscalmente aceites como comprovativo da venda ou compra que tenha ocorrido.

Parte dos vendedores do mercado do Goto alegaram durante a interacção com a AT, que desconhecem a cultura fiscal e pediram orientações para passarem a ser contribuintes.

A Autoridade Tributaria de Moçambique pretende, por outro lado, com esta campanha de sensibilização, ciar uma maior aproximação entre o informal e a administração tributária, visando aumentar as receitas, cuja previsão para este ano em Sofala, apontam a colheita de cerca de 16 milhões de meticais.

Fonte: O País